Busca avançada
Ano de início
Entree

Floresta e Mar: mudanças sociais e conservação ambiental N‚O Vale do Ribeira e Litoral Sul dè São Paulo: o caso da Estação Ecológica da Jureia-Itatins

Processo: 99/06378-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 1999
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Lúcia da Costa Ferreira
Beneficiário:Simone Vieira de Campos
Instituição-sede: Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais (NEPAM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:97/14514-1 - Floresta e mar: usos e conflitos no Vale do Ribeira e Litoral Sul do estado de São Paulo, AP.TEM
Assunto(s):Sociologia ambiental   Conflito social   Movimentos sociais

Resumo

Trata-se de um estudo vinculado ao projeto temático FLORESTA E MAR (Processo N. 97/ 14514-1) sobre o processo de transformações sociais decorrentes das medidas legais que instituem e regulamentam Unidades de Conservação (UCs) de remanescentes florestais de Mata Atlântica no Vale do Ribeira e Litoral Sul de São Paulo. Cogita-se que essas restrições legais de uso de recursos naturais de determinadas áreas estimularia o desenvolvimento de atividades clandestinas por parte dos moradores dessas UCs, em especial da Estação Ecológica da Juréia - Itatins. Os dados serão obtidos através de entrevistas semi-estruturadas e observação sistemática do cotidiano dos principais atores sociais envolvidos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAMPOS, Simone Vieira de. Mudanças sociais e conservação ambiental na Estação Ecologica da Jureia-Itatins : o caso do despraiado. 2001. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.