Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto na vida cotidiana e na saude mental de cuidadores de idosos com demencia ou depressao.

Processo: 01/10630-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2002
Vigência (Término): 31 de março de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Pesquisador responsável:Marcia Scazufca
Beneficiário:Cintia Maria Cardoso de Barros Matsuda
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Idosos   Cuidadores   Depressão   Demência

Resumo

Os objetivos deste estudo são descrever o impacto na vida cotidiana e na saúde mental de cuidadores de idosos com demência e de cuidadores de idosos com depressão, comparar o impacto no primeiro com o impacto no segundo grupo, examinar a associação entre a gravidade do estado de saúde mental do idoso e o nível de impacto na vida cotidiana e na saúde mental do respectivo cuidador, verificar quais as principais dificuldades e satisfações dos cuidadores a partir de seus respectivos discursos espontâneos e examinar a associação entre essas dificuldades e satisfações com o nível de sobrecarga do cuidador. Foram selecionados dois grupos, um com trinta pacientes idosos portadores de demência e seus respectivos cuidadores e outro com trinta pacientes idosos portadores de depressão e seus respectivos cuidadores. Depressão e demência foram avaliadas quanto à gravidade pelas escalas MADRS (Montgomery, 1979) e CDR (Hughes, 1982), respectivamente. Os cuidadores foram submetidos à avaliação dos níveis de sobrecarga pela escala The Burden Interview (Zarit & Zarit, 1990), rastreamento de transtornos mentais comuns pelo General Health Questionnaire ( Mari & Williams, 1985) e responderam a cinco questões abertas sobre quais suas principais dificuldades e satisfações no cuidado com o idoso, quais suas impressões quanto à reação de terceiros, quais os tipos de ajuda recebida e se gostariam de ajuda adicional. (AU)