Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemas de microdrenagem urbana: propostas para execução e elaboração de plano gerencial

Processo: 97/12187-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 1998
Vigência (Término): 30 de novembro de 1999
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Básico
Pesquisador responsável:João Sergio Cordeiro
Beneficiário:Paulo Vaz Filho
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Drenagem urbana   Águas residuárias   Urbanização

Resumo

O processo de urbanização trás profundas modificações no uso do solo, que por sua vez causa marcas permanentes nos processos de infiltração e drenagem de áreas urbanizadas. Assim toma-se fundamental a existência de sistemas de drenagem de águas superficiais que funcionem eficientemente, garantindo o rápido escoamento das massas líquidas, a segurança e o bem estar da população. Para tanto os mesmos devem ser executados e mantidos convenientemente. No que diz respeito à execução, o problema reside no fato de que não existe norma para a execução de sistemas de drenagem de água pluviais. Assim sendo, o que se constata é a execução de obras totalmente inadequadas às finalidades a que se destinam, ou seja, consomem vultosas quantias de recursos financeiros e não resolvem os problemas da população. Com relação à manutenção, a mesma deve ser eficiente a fim de garantir o bom funcionamento do sistema e a segurança da população, pois caso contrário há terríveis transtornos para a mesma, como por exemplo, perda de vidas humanas, perigo para a circulação de pedestres e problemas para a circulação de veículos. O primeiro advém da inundação de casas, ruas e avenidas que acaba muitas vezes acarretando até vítimas fatais. Em segundo lugar está o problema relacionado à falta de lajes em bocas-de-lobo e caixas de passagem, que via de regra coloca em risco a segurança dos pedestres. Por último, vêm os problemas relacionados ao tráfego de veículos, que basicamente são dois, ou seja, um que diz respeito à inundação de ruas e avenidas que acarreta sempre interrupções no tráfego de veículos e o segundo relacionado à ausência ou má conservação de grades de bocas-de-lobo, tampas de poços de visita, que pode provocar acidentes e causar danos aos veículos. Dentro desse panorama, o presente trabalho visa propor metodologia para permitir a elaboração de um plano de manutenção que seja econômico e eficiente, além de sugerir recomendações que devem ser utilizadas na execução de sistemas de drenagem de águas superficiais. (AU)