Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da utilização de diferentes níveis energéticos na ração sobre o desempenho, concentração plasmática de T3, T4, GH, e IGF-I, expressão hepática de mRNA de IGF-I e receptores de IGF-I em frangos de corte de diferentes linhagens

Processo: 95/02173-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 1995
Vigência (Término): 31 de dezembro de 1998
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Marcos Macari
Beneficiário:Francisco Ernesto Moreno Bernal
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Frangos de corte   Fator de crescimento insulin-like I   Hormônio do crescimento

Resumo

1080 frangos de corte das linhagens Hubbard, Ross, e Label Roge, machos e fêmeas serão submetidos a dois tratamentos energéticos diferentes na ração (2800 e 3100 kcal EM/kg de ração), para determinar a influência sobre os parâmetros produtivos níveis plasmáticos de T3. T4. GH. IGF-I, e na quantificação da síntese de mRNA de IGF-I no fígado e à determinação e análise dos receptores, de GH no fígado. Será realizado uma análise da variância do desempenho o qual seguira um esquema fatorial (3x2x2) sendo (linhagem-sexo tratamento). O mesmo esquema fatorial (3x2x2) será seguido para as determinações no laboratório, sendo três aves por tratamento, para um total de 108 aves por determinação. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BERNAL, Francisco Ernesto Moreno. Mecanismos hormanais e moleculares no crescimento de diferentes linhagens de frangos de corte submetidos a diferentes níveis de energia na ração. 118 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.