Busca avançada
Ano de início
Entree

Inativação do pneumovírus aviário por pressão hidrostática

Processo: 96/06580-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 1996
Vigência (Término): 31 de outubro de 2000
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Clarice Weis Arns
Beneficiário:Lourdes Maria Araujo Quaresma de Camargo
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Pressão hidrostática   Pneumovirus   Desenvolvimento de vacinas   Inativação de vírus

Resumo

Dentre as áreas práticas da microbiologia, destaca-se a produção de vacinas. A virologia veterinária empenha-se constantemente na busca e desenvolvimento de novas vacinas para garantir a qualidade sanitária e prevenir perda econômica de plantéis aviários. Entre as doenças respiratórias que atacam aves, encontra-se a Síndrome da Cabeça Inchada, cujo agente causai é um Pneumovírus aviário (PVA). O presente trabalho visa estudar o efeito de alta pressão hidrostática sobre a infectividade de preparações não purificadas de PVA chegando até fase de campo com a finalidade de testar in vivo a potencialidade de se utilizar preparações virais inativadas com alta pressão como uma vacina. Em uma primeira etapa, após ser produzida a amostra viral padrão, ou seja, a suspensão de vírus padronizada a ser utilizada em todo o experimento, serão estudados diferentes tempos de exposição em alta pressão. Será também estudado o efeito da alta pressão em combinação com Bis-ANS (bis (1 -anilino-8-naftalenossulfonato)), uréia, e baixa temperatura na inativação do vírus. Suspensões provenientes dos diferentes tratamentos serão estudadas in vitro quanto à perda da infectividade e manutenção da antigenicidade. As preparações comprovadamente inativadas serão inoculadas em aves SPF ("specific pathogen free") para estudo do seu efeito protetor sobre as aves frente a desafio com PVA virulento. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAMARGO, Lourdes Maria Araujo Quaresma de. Efeito da alta pressão hidrostatica sobre o pneumovirus aviario. 2002. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.