Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da interação prion celular-vitronectina e seu papel na plasticidade neuronal

Processo: 00/04224-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2000
Vigência (Término): 31 de maio de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Vilma Regina Martins
Beneficiário:Glaucia Noeli Maroso Hajj
Instituição-sede: Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer (ILPC). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:99/07124-8 - Papel da proteína prion celular em processos fisiológicos e patológicos, AP.TEM
Assunto(s):Matriz extracelular   Vitronectina

Resumo

Príons são agentes etiológicos de várias doenças neurodegenerativas já descritas para diversas espécies de mamíferos. A isoforma celular desta proteína (PrPc) possui função desconhecida. Nosso grupo, porém observou uma forte interação entre PrPc e laminina (LN), uma importante proteína de matriz extracelular de papel fundamental na diferenciação e sobrevivência neuronal, particularmente no hipocampo. A interação PrPc-LN é indispensável para a sobrevivência e neuritogênese dos neurônios do hipocampo. Durante os estudos com outras proteínas de matriz verificou-se também a interação de PrPc com vitronectina (VN). VN possui papel importante na adesão celular e também foi descrita como imprescindível para a diferenciação e sobrevivência neuronais, estando presente principalmente no cerebelo. Este projeto pretende caracterizar esta interação e determinar se a mesma é relevante nos processos de neuritogênese, tendo como modelo de estudo neurônios hipocampais de do cerebelo. (AU)