Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento e modelagem da vulnerabilidade ambiental da Zona Costeira do estado de São Paulo a poluição por óleo

Processo: 00/00195-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2000
Vigência (Término): 31 de maio de 2004
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Geológica
Pesquisador responsável:Moyses Gonsalez Tessler
Beneficiário:Savio Luis Carmona dos Santos
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Entre os diversos fatores antropogênicos, as atividades do setor petrolífero (exploração, extração, transporte e refinamento) representam uma constante ameaça aos ecossistemas costeiros e marinhos. A principal ameaça é a poluição por óleo, a qual pode causar diversos impactos ambientais, com danos irreversíveis. Dados históricos, nos últimos trinta anos, indicam episódios de derramamentos de óleo acidentais e operacionais nas águas do litoral paulista. A abertura do mercado petrolífero e a recente descoberta de um reservatório, dentro da Bacia de Santos, aumentam a situação de risco. Apesar de evidente os efeitos maléficos do petróleo aos ecossistemas, os impactos variam em função de uma série de variáveis ambientais (oceanográficas, geológicas, biológicas e meteorológicas). A presente proposta busca a criação de um Banco de Dados Geográficos que irá permitir o mapeamento e a modelagem da vulnerabilidade ambiental da zona costeira do Estado de São Paulo, no caso de eventos de poluição por óleo. Para atingir este objetivo buscar-se-á o reconhecimento das variáveis relevantes a essa modelagem, e o entendimento dos processos de interação dessas variáveis no espaço. Os modelos gerados servirão de base para o monitoramento ambiental da zona costeira e para a tomada de decisão durante e após eventuais derramamentos de óleo. (AU)