Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo prospectivo em ressonância magnética: técnica difusão/perfusão em pacientes com infarto cerebral isquêmico na fase hiperaguda e aguda

Processo: 00/01038-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2000
Vigência (Término): 30 de abril de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Pesquisador responsável:Cláudio Campi de Castro
Beneficiário:Lara Vilela de Souza
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Acidente vascular cerebral   Tomografia computadorizada   Ressonância magnética   Perfusão   Técnicas e procedimentos diagnósticos

Resumo

A síndrome de acidente vascular cerebral isquêmico (AVCI) acomete indivíduos de ambos os sexos, em distintas faixas etárias, predominando nas últimas décadas de vida, impondo a estes limitações motoras, sensitivas, de compreensão e expressão dos pensamentos acarretando sérias implicações de ordem social e econômica para muitas famílias. Avaliaremos prospectivamente 20 indivíduos de ambos os sexos, em qualquer faixa etária, com sinais e sintomas de (AVCI), a fim de obtermos informações imagenológicas precoces através dos exames de tomografia computadorizada e ressonância magnética, esta, pelas técnicas difusão/perfusão, identificando e localizando a lesão isquêmica, minutos após a injúria, num tempo em que todos os outros métodos de imagens inclusive a ressonância magnética convencional, não demonstram qualquer alteração, a fim de proporcionar tratamento efetivo reduzindo a morbidade e mortalidade desta patologia. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SOUZA, Lara Vilela de. Avaliação da aterosclerose carotídea através de ultra-sonografia e ressonância magnética. 2004. 126 f. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.