Busca avançada
Ano de início
Entree

Posseiros, agregados e parceiros: o agreste baiano as vésperas da abolição

Processo: 96/12094-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 1997
Vigência (Término): 31 de maio de 2000
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Maria Odila Leite da Silva Dias
Beneficiário:Monica Duarte Dantas
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Como objeto de estudo para nossa tese de doutorado escolhemos pesquisar toda uma população de homens livres pobres que lutava cotidianamente por sua sobrevivência no agreste da Bahia no século XIX. Pretendemos resgatar as formas de convivência tanto entre o próprio grupo de posseiros, agregados e parceiros, como também sua convivência com os escravos e os grandes fazendeiros da região. Consideramos que a segunda metade do século passado representou um período de constantes desafios à sua reprodução social, assim, iremos iniciar nossa pesquisa na década de 1830 passando pela Abolição do Tráfico, pela Lei de Terras, os altos e baixos econômicos do Segundo Reinado, a Abolição da escravatura e os anos pós-abolição (conturbados ainda pelos reajustes políticos decorrentes da Proclamação da República). (AU)