Busca avançada
Ano de início
Entree

Diferenças sexuais no desenvolvimento e nas alterações vasculares funcionais da hipertensão induzida por desoxicorticosterona e salina (DOCA-sal)

Processo: 98/15604-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 1999
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Cardiorenal
Pesquisador responsável:Rita de Cassia Aleixo Tostes Passaglia
Beneficiário:Flavia Lucia David
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Hormônios esteroides gonadais   Doenças cardiovasculares   Músculo liso vascular   Endotelinas   Cálcio

Resumo

A baixa incidência de acidentes cardiovasculares em mulheres em idade fértil e o aumento dos mesmos após a menopausa levou alguns autores a sugerir que os hormônios sexuais femininos conferem proteção ao sistema cardiovascular. A maior incidência de acidentes cardiovasculares ou o desenvolvimento de hipertensão mais severas em machos que em fêmeas poderia ser decorrente da proteção cardiovascular conferida pelos hormônios sexuais femininos ou por uma ação facilitatória dos hormônios sexuais masculinos para a instalação da hipertensão. Este projeto tem por objetivo avaliar se existe dimorfismo sexual também nas alterações funcionais vasculares observadas na hipertensão DOCA-SAL e se existe correlação entre as diferenças sexuais observadas no desenvolvimento da hipertensão e na presença das alterações funcionais vasculares. (AU)