Busca avançada
Ano de início
Entree

Distúrbios de linguagem e memória em indivíduos HIV positivos

Processo: 96/08904-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 1997
Vigência (Término): 30 de novembro de 1998
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Alice de Mattos Pimenta Parente
Beneficiário:Andrea Maria Nicastro Capuano
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):HIV   Linguagem   Memória (psicologia)   Neuropsicologia

Resumo

O acometimento neurológico do HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) no Sistema Nervoso Central e as patologias neurológicas desenvolvidas no decorrer da evolução da AIDS afetam a integridade das funções cognitivas. Estas alterações são reconhecidas na fase terminal da patologia, porém começam a se manifestar em fases anteriores. A caracterização de tais distúrbios nestes estágios iniciais, ainda incipiente, é primordial para o estabelecimento e verificação de procedimentos terapêuticos. O presente estudo tem como objetivo caracterizar as funções mnêmicas e lingüísticas nas fases iniciais de evolução da patologia causada pelo HIV. Memória e linguagem serão focalizadas devido à importância de sua integridade no desempenho do indivíduo em atividades cotidianas. Além disso, tais funções são sensíveis a leves alterações neurológicas e comportamentais, possibilitando um diagnóstico precoce de rupturas cognitivas. Serão estudados pacientes na fase assintomática de evolução da AIDS, selecionados no Núcleo de Extensão ao Atendimento de pacientes HIV/AIDS da Divisão de Clínica de Doenças Infecciosas e Parasitárias do Hospital das Clínicas - FMUSP, cujos resultados serão comparados com um grupo normal. Além de uma avaliação neurológica e de uma triagem neuropsicológica, as memórias implícita e explícita, subsistemas da memória de longo prazo, serão verificadas através do Teste do Espelho, tomando por base o modelo de memória de Xavier (1993). Provas de evocação de figuras, a fim de avaliar a capacidade de nomeação (acesso lexical), assim como provas de repetição e leitura de palavras e frases e provas de compreensão de palavras, frases e textos foram elaboradas a partir de critérios neurolingüísticos. Será utilizada apresentação computadorizada com detecção do tempo de resposta e análise de erros. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAPUANO, Andrea Maria Nicastro. Memória e linguagem em indivíduos HIV+. 1999. 151 f. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Psicologia São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.