Busca avançada
Ano de início
Entree

Parâmetros do valor reforçador de estímulos sinalizadores produzidos por respostas

Processo: 95/06752-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 1996
Vigência (Término): 31 de agosto de 1996
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Maria Amelia Matos
Beneficiário:Gerson Aparecido Yukio Tomanari
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Métodos de observação

Resumo

O presente estudo tem o objetivo de investigar a função reforçadora dos estímulos sinalizadores de reforçamento e extinção. Serão avaliadas as variáveis responsáveis pela manutenção de respostas de observação, sob a perspectiva de que estas respostas podem ser mantidas não só por estímulos que sinalizam uma redução no intervalo médio entre reforçamento (hipótese da redução do atraso), mas também por estímulos que informam (hipótese da redução da incerteza) sobre aumento no tempo de acesso ao reforço incondicionado, e que podem alterar a probabilidade de emissão das respostas de obtenção deste reforço (hipótese das respostas preparatórias). Compreender o papel exercido pelas respostas de observação e pelas respostas preparatórias permitiria a descrição do reforçamento pela redução pela incerteza (reforçamento pela informação) como uma relação de contingência, a relação estímulos sinalizadores-respostas preparatórias-reforçamento primário. A presente investigação se constituirá em cinco experimentos e utilizará pombos e ratos como sujeitos para buscar a generalidade dos dados. O procedimento empregado será basicamente semelhante ao de Tomanari e Machado (1995). As manipulações executadas buscarão avaliar o valor reforçador condicionado de estímulos sinalizadores: 1) em situação de redundância, a) Para isso, o tempo de apresentação dos estímulos sinalizadores será diminuído de modo a permitir várias apresentações dos estímulos em uma mesma tentativa (Experimentos 1 e 4); b) Será empregado esquema de segunda ordem VI(FR) para produzir estímulos associados ora ao componente de reforçamento, ora ao de extinção. Os resultados deste experimento poderão ser especialmente comparados aos de Blanchard (1975) e Tomanari e Machado (1995), nos quais foi utilizado esquema de VI(DRL) (Experimentos 2 e 5); e 2) na situação em que se aumenta a importância das respostas preparatórias para o consumo do reforço primário, em ratos. Para isso, o tempo de disponibilidade do bebedouro será controlado, mantendo-se o bebedouro fora do alcance do sujeito para permitir comparação com o estudo de Tomanari (1995) (Experimento 3). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TOMANARI, Gerson Aparecido Yukio. Manutenção de respostas de observação em pombos. 1997. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Psicologia São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.