Busca avançada
Ano de início
Entree

Graciliano Ramos e a Revista Cultura Política: uma interpretação na edição crítica de viventes das Alagoas

Processo: 99/03422-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 1999
Vigência (Término): 31 de agosto de 2003
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literatura Brasileira
Pesquisador responsável:Zenir Campos Reis
Beneficiário:Nadia Regina Marques Coelho Bumirgh
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Crítica literária   Crítica genética   Crônica literária   Revistas

Resumo

Viventes das Alagoas, sendo obra póstuma, toma imprescindível o estudo de suas várias edições, bem como de seus manuscritos, para testemunhar o processo de trabalho do autor, proporcionar a gênese da obra e permitir o estabelecimento de uma versão mais próxima do que teria desejado o escritor. Sabendo-se que a maior parte das crônicas que compõe esse livro foi publicada na seção "Quadros e costumes do Nordeste" (ou "Quadros e costumes regionais", ou "Quadros regionais") da revista Cultura Política, do Rio de Janeiro, de 1941 a 1944, editada pelo DIP - Departamento de Imprensa e Propaganda - no Estado Novo, a tese também abordará a colaboração de Graciliano Ramos nessa revista, já que nas edições atuais da obra não há informações sobre o fato, não tendo as crônicas nem a indicação de sua publicação original. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.