Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do efeito de extratos e frações de própolis verde e de Baccharis dracunculifolia, sobre o metabolismo oxidativo de neutrófilos: influência da sazonalidade e relação com a constituição química

Processo: 02/11469-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2003
Vigência (Término): 31 de agosto de 2005
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Yara Maria Lucisano Valim
Beneficiário:Livia Maria Cordeiro Simões Ambrosio
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Baccharis dracunculifolia   Espécies de oxigênio reativas   Própolis   Quimiluminescência

Resumo

Própolis é um material resinoso e balsâmico de composição química complexa que apresenta muitas atividades biológicas como: antimicrobiana, antiinflamatória, antitumoral, antioxidante e "escavenger" de espécies reativas de oxigênio (EROS), ação imunomoduladora e outras. A própolis brasileira dos estados de São Paulo e Minas Gerais é conhecida como própolis verde, apresentando como principal fonte botânica a planta Baccharis dracunculifolia. A composição química da própolis varia de acordo com a flora da região, variações sazonais e características genéticas da abelha, o que dificulta a padronização desse produto. As células fagocíticas sofrem uma alteração metabólica imediata, denominada "burst" respiratório, durante o qual produzem espécies reativas de oxigênio quando ingerem microrganismos e outras partículas, e durante esse processo emitem luz. Este fenômeno é denominado quimioluminescência, sendo esta uma técnica largamente utilizada para medir a produção de EROS, utilizando-se para isso sondas quimioluminescentes (como luminol e lucigenina). Este trabalho pretende investigar o efeito de extratos e frações de própolis verde e de B. dracunculifolia sobre o metabolismo oxidativo de neutrófilos, utilizando-se as técnicas de quimioluminescência dependente de luminol e de lucigenina. Além disso, serão estudadas a influência da sazonalidade sobre o efeito das amostras e a relação do efeito com a constituição química dos extratos e frações. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SIMOES-AMBROSIO, L. M. C.; GREGORIO, L. E.; SOUSA, J. P. B.; FIGUEIREDO-RINHEL, A. S. G.; AZZOLINI, A. E. C. S.; BASTOS, J. K.; LUCISANO-VALIM, Y. M. The role of seasonality on the inhibitory effect of Brazilian green propolis on the oxidative metabolism of neutrophils. Fitoterapia, v. 81, n. 8, p. 1102-1108, DEC 2010. Citações Web of Science: 31.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.