Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem do crescimento de caixetas manejados, no Município de Iguape, SP

Processo: 01/12627-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2002
Vigência (Término): 09 de dezembro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Manejo Florestal
Pesquisador responsável:Virgilio Mauricio Viana
Beneficiário:Ricardo Bernhardt
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Modelagem

Resumo

O Vale do Ribeira possui as maiores áreas contínuas e remanescentes de Mata Atlântica do Estado de São Paulo, assim como os maiores caixetais. Os caixetais são florestas que possuem alta densidade de caixeta - Tabebuia cassinoides (LAM.) DC. - Bignoianceae. A atividade produtiva de caixeta foi importante para o sócio-economia do Vale do Ribeira, principalmente em Iguape, onde haviam 250 famílias envolvidas direta ou indiretamente. A atividade foi paralisada em 1989, tendo sido retomada em 1992, mediante mobilização das comunidades envolvidas. A exploração tradicional consistia na colheita das árvores e abandono da área, o que acarretava em alta competição da brotação. Dessa forma, é necessária e implantação de práticas silviculturais como a desbrota para maximizar o crescimento da floresta, assim como a determinação de seu incremento para estabelecer o ciclo de corte. Essa informação é essencial para o planejamento criterioso da atividade e para alcançar a sustentabilidade, de forma que a colheita não ultrapasse a capacidade produtiva da floresta. Pretende-se a partir desse estudo verificar se o ciclo de 12 anos proposto pela Resolução SMA 11/92, que regulamenta o manejo de caixeta no estado de São Paulo é adequado, e dar subsídios para que os empreendimentos comunitários relacionados à caixeta, possam fazer um planejamento adequado e com isso atingir o uso sustentável dessa espécie. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BERNHARDT, Ricardo. Análise quantitativa e qualitativa do crescimento de caixeta - Tabebuia cassinoides (LAM.) DC. - em florestas manejadas, no município de Iguape/SP.. 2003. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.