Busca avançada
Ano de início
Entree

Composição florística e estrutura fitossociológica de um trecho de mata nativa próximo a nascente do Rio Batalha, no município de agudos, SP

Processo: 97/00329-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 1997
Vigência (Término): 31 de março de 1999
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Osmar Cavassan
Beneficiário:Patricia Ferreira de Assis Camargo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Florística   Fitossociologia

Resumo

Vem sendo realizado um estudo florístico e fitossociológico em uma área de ocorrência de "cuestas", na fazenda Santa Rita, situada no município de Agudos. A área de estudo apresenta vegetação florestal nativa ao longo das encostas, sobre terreno inclinado e de difícil acesso. O objetivo deste estudo é conhecer a composição florística e a estrutura fitossociológica da comunidade lenhosa de encosta, contribuindo para o conhecimento da vegetação da região de Bauru e fornecendo material para o conhecimento da flora fanerogâmica do estado de São Paulo. As espécies identificadas serão relacionadas em lista florística, como subsídio para o desenvolvimento do projeto de revegetação das cabeceiras da "cuesta" e outras áreas degradadas localizadas nesta mesma Fazenda. Na amostragem fitossociológica está sendo utilizado o método de parcelas contíguas de 100 m2 (10mx10m) cada uma, sendo estas distribuídas por duas linhas, a primeira na baixada e a segunda no topo da "cuesta", tendo uma distância mínima de 20 metros da borda. Utiliza-se como critério de inclusão o diâmetro a altura do peito (DAP) igual ou superior a 4,8 cm, medidos a 1,30 m da superfície. O levantamento florístico está sendo complementado através de coleta de material reprodutivo, durante caminhadas ao acaso na área. Ao final deste estudo será possível apresentar uma lista florística das espécies arbóreas que compõem a área e relacioná-las com o ambiente preferencial de ocorrência. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAMARGO, Patricia Ferreira de Assis. Composição florística e estrutura fitossociológica de um remanescente de floresta estacional semidecidual submontana na Fazenda Santa Rita, no município de Agudos-SP. 118 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências. Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.