Busca avançada
Ano de início
Entree

O mito da resistência: experiência histórica e recriação filosófica em Sartre: uma interpretação de L'Être et le Néant

Processo: 96/07483-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 1996
Vigência (Término): 30 de novembro de 1998
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Arantes
Beneficiário:Cristina Diniz Mendonca
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Existencialismo

Resumo

Estudo de um clássico da filosofia francesa contemporânea - L'Être et le Néant, de Jean-Paul Sartre - , procurando expor a estrutura do livro: uma forma filosófica dramática, expressão do próprio material (histórico) que ela recria. O trabalho está dividido em duas partes. A primeira (já concluída, e apresentada em anexo) e una desmontagem do esqueleto filosófico do livro, expondo a gênese de suas principais figuras. Essa desmontagem, evidenciando o caráter híbrido do material (filosófico, literário e histórico) que sustenta a estrutura de L'Être et le Néant, colocou-nos na pista das relações entre esse "ensaio de ontologia fenomenológica" (lido tradicionalmente como una obra de "pura metafísica") e una certa construção coletiva (política e literária): o mito da Resistência no período da Ocupação Alemã. Examinar os termos desse reencontro da elaboração filosófica com a matéria viva da história e o propósito da Segunda Parte do trabalho, em elaboração. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MENDONCA, Cristina Diniz. O Mito da Resistência. Experiência histórica e forma filosófica em Sartre (Uma interpretação de L'Être et le Néant).. 2001. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.