Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilizacao de silagem de graos umidos de milho na alimentacao de frangos de corte nos sistemas convencional e alternativo.

Processo: 01/01090-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2001
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:José Roberto Sartori
Beneficiário:Jane Cristina Gonçalves
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Silagem   Eficiência   Morfologia intestinal

Resumo

Com o objetivo de estudar a viabilidade da inclusão de silagem de grãos úmidos de milho na ração de frango de corte criados de maneira convencional e orgânica, como alternativa para potencializar o desempenho, o rendimento de carcaça e a integridade da mucosa intestinal, serão utilizados 720 pintainhos machos da linhagem Ross, de um dia de idade, distribuídos em blocos casualizados com esquema fatorial 2x3, 2 dietas (com e sem promotor de crescimento) e 3 níveis de inclusão de silagem de grãos úmidos de milho (0, 30 e 60%), com 4 repetições de 30 aves cada. As aves serão criadas até os 56 dias de idade, sendo os dados de peso, ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar e mortalidade serão obtidos aos 21, 42 e 56 dias de idade. Ao final do experimento (56 dias de idade), serão abatidas 40 aves por tratamento para determinação do rendimento de carcaça e partes e gordura abdominal e 8 aves por tratamento para determinação do peso de órgãos e morfologia intestinal. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GONÇALVES, Jane Cristina. Silagem de grãos úmidos de milho para frangos de corte nos sistemas convencional e alternativo. 45 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.