Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção de micrometástases em linfonodo sentinela no melanoma cutâneo através da pesquisa de mrna-tirosinase pela RT-PCR

Processo: 98/06601-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 1998
Vigência (Término): 31 de julho de 2001
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Cuce
Beneficiário:Reinaldo Tovo Filho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Linfonodo sentinela   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa (RT-PCR)

Resumo

Quando o melanoma maligno apresenta-se metastático, o prognóstico torna-se reservado, principalmente quando ocorre a necessidade de linfadenectomia, aumentando a morbidade destes pacientes. Ultimamente temos assistido a discussões, e a literatura tem divulgado técnicas de mapeamento intra-operatório do linfonodo sentinela. Achado o linfonodo sentinela, torna-se de máxima importância a determinação da presença ou não de micrometástases neste linfonodo, influenciando na realização da linfadenectomia bem como no tratamento adjuvante. A presença dessas células metastáticas tem sido determinadas por diversas técnicas. Através da técnica de rt-pcr podemos determinar a presença de RNA de tirosinase, enzima que participa na síntese de melanina, sendo encontrada apenas nos melanóciotos ou em células de melanoma. A sua presença no linfonodo indicaria, portanto a ocorrência de metástase4s do melanoma. (AU)