Busca avançada
Ano de início
Entree

Radical carbonato e dióxido de nitrogênio em estresse oxidativo e nitrosoativo

Processo: 01/02156-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2001
Vigência (Término): 31 de outubro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Ohara Augusto
Beneficiário:Marcelo Gialluisi Bonini
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:00/02949-8 - Espécies reativas derivadas de oxigênio, nitrogênio e de carbono: interações e relevância em processos fisiopatológicos, AP.TEM
Assunto(s):Óxido nítrico   Peroxinitrito

Resumo

Nosso objetivo geral é compreender os potenciais papéis do dióxido de nitrogênio e principalmente do ânion radical carbonato em situações de estresse oxidativo e nitrosoativo. Este último vem sendo pouco estudado na literatura e trabalhos recentes nossos e de outros grupos tem demonstrado sua potencial participação em diversos processos fisiopatológicos. Procuraremos examinar rotas biológicas que não envolvam a participação de peroxinitrito para formação do radical carbonato bem como seus principais alvos biológicos, enfatizando tióis de alto peso molecular pelos seus papéis em transdução de sinal. Dentre os sistemas a serem estudados estão superoxido dismutase (SOD1), xantina oxidase e mieloperoxidase (vide projeto). Pretendemos também avaliar os efeitos pró e anti-oxidantes do radical carbonato utilizando como modelo a peroxidação de lipossomos de fosfatidilcolina induzida por sistema Fenton e peroxinitrito na ausência e presença de bicarbonato. Pretendemos também examinar detalhadamente a oxidação de tióis de alto peso molecular por peroxinitrito em presença do par CO2/HCO3-. Esses tióis vêm sendo apontados como importantes supressores da atividade de peroxinitrito, mas tal atividade não foi avaliada em presença de CO2. Além disso faz parte dos objetivos entender o mecanismo pelo qual nitróxidos suprimem oxidações e nitrações mediadas por ONOO- e desenvolver novas metodologias que permitam detectar o radical carbonato em cultura de células. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.