Busca avançada
Ano de início
Entree

A intencionalidade auto e heteroagressiva no comportamento de motoristas que provocam acidentes de transito.

Processo: 99/02651-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 1999
Vigência (Término): 30 de junho de 2001
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Mara Aparecida Alves Cabral
Beneficiário:Elvira Aparecida Tomazin
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Trânsito   Intencionalidade   Acidentes

Resumo

O objetivo central dessa pesquisa é conhecer os principais aspectos psicossociais dos motoristas que provocam acidentes de trânsito, com o intuito de identificar os fatores humanos responsáveis pelos acidentes. Partindo da hipótese de existência de processos psicossociais auto e heteroagressivos como causa dos acidentes, realizaremos um estudo de grupo casos-comparações, onde trabalharemos com três grupos: um grupo de estudo formado por motoristas que provocaram acidentes, e dois grupos comparações - um formado por indivíduos que nunca provocaram acidentes e outro de indivíduos que tentaram suicídio. Através da aplicação de uma anamnese-questionário semi-estruturada e da Escala de Traços e de Comportamentos de Agressividade de Gayral, procederemos a uma análise quali-quantitativa dos dados obtidos. A análise qualitativa será fundamentada nos referenciais teórico-metodológicos da Psicologia Social, onde as Representações Sociais emergem como modalidade de estudo e compreensão dos fenômenos sociais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
. A intencionalidade auto e heteroagressiva no comportamento de motoristas envolvidos em acidentes de transito. 2002. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.