Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de novas ligas a base de titânio empregadas como biomateriais para implantes

Processo: 02/00638-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2002
Vigência (Término): 30 de junho de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Guastaldi
Beneficiário:Lucina Rocha Sousa
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Biomateriais   Dióxido de titânio   Implantes dentários

Resumo

Propõe-se o desenvolvimento e estudo de novas ligas à base de Ti livres de V, contendo Al e Nb, pela investigação de diferentes composições, com o objetivo de obter estruturas e propriedades de resistência à corrosão semelhantes às da liga Ti-6AI-4V, amplamente empregada como biomaterial na área de implantes ortopédicos e odontológicos. Serão estudadas as modificações de superfície das ligas que apresentarem o melhor conjunto de propriedades obtidas empregando-se ensaios de caracterização química, física e eletroquímica. Estas modificações serão realizadas pelo revestimento com hidroxiapatita utilizando-se o processo de precipitação heterogênea, na ausência e na presença de um pré-tratamento superficial, aplicando-se óxido de titânio pela técnica de aspersão térmica por plasma spray. Os revestimentos de HA têm a característica de proporcionarem a melhora da biocompatibilidade, induzindo a formação e crescimento ósseo - osseointegração. Os ensaios de caracterização dos subtratos, revestimentos e interfaces serão realizados por meio das técnicas ICP, OM, SEM, EDS, XDR e FT-IR, e ensaios eletroquímicos utilizando OCP, EIS, ENM e ENA. Obs.: Todas as técnicas citadas acima estão devidamente descritas no corpo do projeto. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SOUSA, Lucina Rocha. Ligas Ti-Al-Nb como biomaterial : elaboração, caracterização, modificação eletroquímica da superfície e estudo da biocompatibilidade utilizando culturas primárias de células da medula óssea humana. 2006. 170 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Quimica. Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.