Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo sobre a participação dos mastócitos na hipersensibilidade a hitamina na toxocaríase

Processo: 01/12145-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2002
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Lúcia Helena Faccioli
Beneficiário:Daniela Carlos Sartori
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Hipersensibilidade   Histamina   Mastócitos   Toxocara canis

Resumo

Resultados recentes demonstraram que cobaias ou camundongos parasitados com T. canis ficam mais sensíveis e morrem mais quando comparado com animais não parasitados, em resposta à inoculação in vivo de dose subletal de histamina. Estes dados sugerem que a própria histamina estaria ativando e desgranulando mastócitos presentes no tecido, e assim atuando como alça de amplificação na inflamação nas parasitoses e mesmo em processos alérgicos. Dados da literatura corroboram nossa hipótese uma vez que recentemente foi demonstrado in vitro que mastócitos de mesentério de ratos liberam seus grânulos quando estimulados com histamina. Também mastócitos pulmonares de cavalos, após instilação aérea com histamina, apresentam intensa desgranulação. Nesse projeto, iremos estudar em ratos infestados por T. canis a cinética da mastocitose intestinal e pulmonar e investigar se mastócitos da cavidade peritoneal de animais parasitados são mais susceptíveis à desgranulação por aminas vasoativas como histamina e serotonina. Nossos resultados poderão auxiliar na compreensão da fisiopatologia de parasitoses e da possível correlação entre as mesmas e desordens alérgicas como a asma. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARLOS, D.; MACHADO, E. R.; DE PAULA, L.; SA-NUNES, A.; SORGI, C. A.; JAMUR, M. C.; OLIVER, C.; LIMA, W. T.; FACCIOLI, L. H. Evidence for eosinophil recruitment, leukotriene B-4 production and mast cell hyperplasia following Toxocara canis infection in rats. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 44, n. 4, p. 319-326, APR 2011. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.