Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de tempestades severas na Bacia do Alto Tietê, São Paulo, por meio de observações e simulações de altíssima resolução com o modelo ARPs

Processo: 02/09906-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2002
Vigência (Término): 30 de novembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Augusto Jose Pereira Filho
Beneficiário:Ricardo Hallak
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Pela Bacia do Alto Tietê (BAT), que engloba a Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), passam e se desenvolvem um grande número de sistemas meteorológicos que podem ser severos, tais como os sistemas convectivos profundos de gênese diversa. Entre eles, destacam-se os sistemas pré-frontais, os complexos convectivos de mesoescala, as linhas de instabilidade de rápida propagação, os sistemas associados à penetração de brisa marítima e sistemas orográficos sobre as Serras da Mantiqueira e do Mar. O programa Sistema Integrado Hidrometeorológico do Estado de São Paulo (SIHESP) da FAPESP e do Governo do Estado de São Paulo vai implantar sistemas de medição de variáveis meteorológicas avançados. Estes vão permitir análises e simulações da atmosfera de curtíssimo prazo com alta resolução espacial e temporal com o modelo numérico de mesoescala ARPS (Advanced Regional Prediction System). O objetivo deste projeto é analisar e modelar os fenômenos associados à convecção profunda na BAT e na RMSP. Os mecanismos de disparo e/ou inibição desses sistemas serão analisados por meio de dados disponíveis atualmente e do SIHESP e de simulações numéricas de altíssima resolução espaço-temporal com ARPS. Pretende-se ainda avaliar as técnicas variacionais de assimilação de dados quadri-dimensional (4DVAR) do ARPS. (AU)