Busca avançada
Ano de início
Entree

Validade da hipótese de espalhamento simples na avaliação de irradiâncias

Processo: 96/12625-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 1997
Vigência (Término): 30 de abril de 1999
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geodésia
Pesquisador responsável:Artemio Plana Fattori
Beneficiário:Marcelo de Paula Corrêa
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Espalhamento de radiação   Radiação solar   Transferência radiativa   Aerossóis   Propriedades ópticas   Sensoriamento remoto   Usos do satélite

Resumo

Este projeto se propõe a analisar aspectos relativos à propagação de radiação solar numa atmosfera plana-paralela, procurando avaliar de forma acurada irradiâncias ascendentes e descendentes, através de métodos cujo custo computacional respeite as limitações existentes em modelos numéricos empregados em meteorologia e disciplinas afins. Em termos mais específicos, propõe-se aqui, uma série de análises acerca da validade da hipótese de espalhamento simples para avaliação de irradiâncias sob situações atmosféricas caracterizadas como "céu aberto" (sem nuvens), relevantes para estudos acerca do impacto radiativo do aerossol assim como para o sensoriamento remoto de recursos terrestres a partir de imagens adquiridas por satélites artificiais. Comparações devem ser efetuadas frente a resultados de preferência publicados na literatura, considerando-se diferentes condições para os principais parâmetros físicos envolvidos (granulometria e índices de refração, profundidade óptica total da atmosfera, refletância da superfície, e posição do Sol). (AU)