Busca avançada
Ano de início
Entree

Anisotropia de susceptibilidade magnética, paleomagnetismo e gravimetria em granitóides brasilianos, no limite ocidental da faixa serido (NE do Brasil)

Processo: 96/03373-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 1996
Vigência (Término): 30 de setembro de 1999
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Marcia Ernesto
Beneficiário:Ricardo Ivan Ferreira da Trindade
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Na Província Borborema, a deformação Brasiliana foi distribuída ao longo de mais de 200.000 km2, a partir de um sistema de cisalhamentos transcorrentes de escala continental. Essas estruturas são acompanhadas por metamorfismo de alto e médio grau, migmatização e intenso plutonismo granitóide de origem crustal e mandélica, posicionado no intervalo 600±50 Ma. Este importante evento magmático está bem representado no limite oeste da Faixa Seridó, porção central da Província, onde ocorrem diversos plútons Brasilianos de composição variada. Estes granitóides foram posicionados no intervalo sin- a pós-orogênico, compreendendo ca. 100 Ma, provavelmente em regimes tectônicos contrastantes (transcorrências vs. cisalhamentos tangenciais). Este projeto de pesquisa visa à análise, a partir de uma abordagem multidisciplinar, da evolução da deformação e do magmatismo granitóide no limite ocidental da Faixa Seridó. Este estudo tem importantes implicações no entendimento destes processos no restante da região e, de uma forma mais ampla, no estudo do posicionamento de magmas ácidos em níveis profundos da crosta. Os trabalhos envolverão a cartografia e o controle de campo das estruturas, estudos de anisotropia de susceptibilidade magnética e petrotrama de eixo-c de quartzo no interior dos plútons, paleomagnetismo e gravimetria. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TRINDADE‚ R.I.F.; RAPOSO‚ M.I.B.; ERNESTO‚ M.; SIQUEIRA‚ R. Magnetic susceptibility and partial anhysteretic remanence anisotropies in the magnetite-bearing granite pluton of Tourao‚ NE Brazil. TECTONOPHYSICS, v. 314, n. 4, p. 443-468, 1999.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.