Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de proteínas da "Xylella Fastidiosa" por métodos eletroforéticos de análise

Processo: 99/07093-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 1999
Vigência (Término): 31 de agosto de 2001
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Emanuel Carrilho
Beneficiário:Luis Andre Zanluqui
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroforese capilar   Bactérias   Xylella fastidiosa   Focalização isoelétrica

Resumo

A Clorose Variegada dos Citros (CVC) é uma doença que afeta grande parte da produção de citros no Brasil, gerando problemas econômicos e sociais. A CVC tem como responsável a bactéria Xylella fastidiosa, tendo seu controle químico impraticável devido ao seu caráter sistêmico. Como cada organismo vivo apresenta um elevado número de diferentes proteínas, e cada uma especializada em uma função biológica diversa, este trabalho pretende através das técnicas de eletroforese capilar, uma caracterização das proteínas da bactéria. As separações das proteínas podem ser feitas baseando-se nas diferenças de mobilidade eletroforética do soluto iônico (Eletroforese Capilar de Zona), nas diferenças de tamanho com a mesma razão massa/carga (Eletroforese Capilar em Gel) e na separação das proteínas segundo seu ponto isoelétrico, utilizando um gradiente de pH (Focalização Isoelétrica Capilar). Os resultados poderão ser estimados, traçando e montando gráficos, utilizando como referência, padrões conhecidos de proteínas. (AU)