Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise estrutural e aplicações vacinais das oncoproteínas E6 e E7 do vírus do papiloma humano tipo 16 (HPV-16)

Processo: 02/06932-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2002
Vigência (Término): 31 de março de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Luis Carlos de Souza Ferreira
Beneficiário:Renata Hanna El Hireche
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Infecções por Papillomavirus   Papillomaviridae   Oncoproteínas   Papillomavirus humano 16   Vacinas contra Papillomavirus

Resumo

O potencial oncogênico dos vírus do papiloma humano (HPV) está estreitamente relacionado às oncoproteínas E6 e E7, codificadas por determinados tipos virais de alto risco como o HPV-16. As proteínas E6 e E7 representam também alvos importantes para o desenvolvimento de estratégias vacinais capazes de induzir respostas citotóxicas e, conseqüentemente, levar à reversão do processo neoplásico. A melhor utilização dessas proteínas em estratégias vacinais requer a elucidação de suas estruturas tridimensionais e definição de domínios com maior potencial imunogênico. O presente projeto tem como objetivos principais a purificação das proteínas E6 e E7 do HPV-16, a partir de sistemas de expressão em bactéria e leveduras, e análises de suas estruturas por técnicas de ressonância magnética nuclear e cristalografia. O conhecimento da organização estrutural das proteínas E6 e E7 servirá de base para a geração, por meio de técnica de mutagênese sito-dirigida, de formas mutantes deficientes em domínios estruturais específicos. A disponibilidade de tais mutantes permitirá a comparação das propriedades imunogênicas e potencial vacinal das diferentes formas geradas com as respectivas proteínas nativas. Acreditamos que o trabalho a ser feito contribuirá de forma significativa na compreensão dos mecanismos de ação das oncoproteínas E6 e E7 e desenvolvimento de estratégias vacinais profiláticas e/ou terapêuticas contra o HPV. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: