Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização química e espectroscópica de substâncias húmicas de solos submetidos a adição de lodo de esgoto

Processo: 96/10213-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 1997
Vigência (Término): 30 de junho de 1998
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Ladislau Martin Neto
Beneficiário:Juliana da Cunha Marques
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Substâncias húmicas   Ressonância paramagnética eletrônica   Espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier   Lodo de esgoto

Resumo

Os descartes de resíduos produzidos pelo homem e suas atividades produtivas constituem-se hoje em grande preocupação para a qualidade de vida no planeta. O uso agronômico dos resíduos urbanos é a alternativa de maior sustentabilidade, pois este material é fonte de nutrientes e de matéria orgânica, podendo ser ainda usado como corretivo e condicionador das propriedades físicas, químicas e biológicas do solo. Todavia, existem preocupações pertinentes com seu uso devido à presença de metais pesados e compostos orgânicos (como pesticidas) nestes resíduos. Observa-se que a literatura é rica em trabalhos sobre efeitos da adição de Iodo de esgoto na fertilidade do solo, nas propriedades físicas e biológicas, na absorção de nutrientes e na produtividade das culturas. Contudo é pobre em estudos a respeito dos efeitos do lodo de esgoto sobre as frações da matéria orgânica do solo, especialmente substâncias húmicas. Assim, neste trabalho pretende-se caracterizar através de análises químicas e espectroscópicas (EPR, FTIR e UV-Visível), as frações húmicas da matéria orgânica de um latossolo roxo da região de Jaboticabal/SP, submetido à incorporação do Iodo de esgoto ativado obtido da SABESP, em Suzano/SP. A área de experimentos faz parte do projeto financiado pela FAPESP, nº 945675-3, intitulado "Efeito do lodo de esgoto contaminado com doses crescentes de crômio sobre propriedades químicas, bioquímicas e biológicas de um latossolo e sobre o desenvolvimento de plantas de sorgo granífero". (AU)