Busca avançada
Ano de início
Entree

O realismo interno e seus inimigos.

Processo: 02/11621-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - Epistemologia
Pesquisador responsável:Jézio Hernani Bomfim Gutierre
Beneficiário:Edna de Souza Alves
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil

Resumo

Nesta pesquisa desenvolvemos uma investigação do Realismo Interno, tal como proposto por Hilary Putnam. Esta doutrina frisa a importância do sujeito na determinação de uma descrição do mundo e a existência de mais de uma descrição possível. Isso propicia, dentre outras, a crítica de que o Realismo Interno leva ao relativismo e ao subjetivismo. É sobre esse pano de fundo que visamos investigar as respostas de Putnam aos ataques que lhe são dirigidos. Tais respostas serão procuradas a partir de uma caracterização mais precisa do Realismo Interno e de seu contraste com o Realismo Metafísico, em particular, do típico modelo de verdade adotado pelo Internalismo. Nestes termos, Putnam rejeita, por um lado, a noção objetivista de verdade como correspondência, proposta pelos realistas metafísicos, e, por outro, evita as explicações subjetivista e relativista da verdade que condicionam esta noção a considerações temporais e espaciais, ao sujeito que conhece e às circunstâncias em que se encontra. Feito isso, pretendemos sugerir um esboço de resposta aos problemas do Realismo Interno, analisando em que medida é viável a sua defesa. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALVES, Edna de Souza. O realismo interno e seus inimigos. 2015. 151 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Filosofia e Ciências. Marília.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.