Busca avançada
Ano de início
Entree

Escravos, libertos e livres: criminalidade e cotidiano (França 1830 - 1888)

Processo: 02/13807-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2003
Vigência (Término): 30 de setembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Darío Horacio Gutiérrez Gallardo
Beneficiário:Ricardo Alexandre Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de História, Direito e Serviço Social. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Escravos   Criminalidade   Século XIX   Franca (SP)

Resumo

O projeto de pesquisa ora proposto visa a efetivação de um estudo comparativo das tendências quantitativas e qualitativas da criminalidade praticada por escravos, libertos e livres num ambiente espaço-temporalmente delimitado. Tem-se como objetivo contribuir com a reconstrução do universo de relações que cercavam cotidianamente essas três camadas sociais. Adota-se como hipótese a ser averiguada no trabalho que, independentemente das diferenciações jurídicas e sociais, as pessoas pertencentes a estes três grupos apresentaram práticas e estratégias comuns nos conflitos do cotidiano. Importa entender, portanto, as interpenetrações das três camadas na esfera da criminalidade. Para tanto, propõe-se abordar o município de Franca, uma região rural dotada de senhores possuidores de pequenas posses de escravos, onde o conjunto das atividades desenvolvidas voltava-se principalmente para o próprio consumo e para o mercado interno. O período delimitado para a pesquisa é o da vigência do Código Criminal do Império até a extinção oficial do cativeiro no Brasil. As fontes principais utilizadas consistem num conjunto de 1160 processos criminais envolvendo escravos, livres e libertos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FERREIRA, Ricardo Alexandre. Crimes em comum : escravidão e liberdade no extremo nordeste da Província de São Paulo (Franca 1830-1888). 2006. 211 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Historia, Direito e Serviço Social. Franca.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.