Busca avançada
Ano de início
Entree

Fitoquímica, quimiossistemática e busca de compostos de partida para novas drogas antichagásicas: estudo de Neoraputia paraensis (Rutaceae)

Processo: 99/00474-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 1999
Vigência (Término): 31 de março de 2001
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Maria Fátima das Graças Fernandes da Silva
Beneficiário:Daniela Maria Tomazela
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Chagas   Farmacologia   Fitoquímica   Rutaceae   Flavonoides

Resumo

Visando completar o estudo quimiossisteinálico da lamília Rutaceae, sentimos ser necessário um estudo fitoquímico mais profundo em alguns gêneros. No presente projeto propõe-se o estudo de Neoraputia paraensis. Emmerich realizou o estudo de espécies descritas como pertencentes ao gênero Raputia e observou uma grande heterogeneidade entre os caracteres morfológicos dessas espécies. Com isto, ela separou seis espécies em um novo gênero, Neoraputia. Assim, com o objetivo de encontrar metabólitos que possam ser usados para um posicionamento quimiossistemático definitivo do gênero Neoraputia, os galhos de N. paraensis consistirá o material de estudo deste trabalho. Um segundo objetivo é o isolamento de substâncias com atividade inibidora da enzima GAPDH e também de substâncias com potencial tripanomicida sobre a forma tripomastigota de T. cruzi, desde que ensaios bioquímicos e in vitro com flavonóides isolados de uma segunda espécie deste gênero mostraram-se com atividades elevadas. (AU)