Busca avançada
Ano de início
Entree

Deposição de revestimentos de hidroxiapatita por aspersão a plasma sobre aços inoxidáveis austeníticos com alto teor de nitrogênio

Processo: 01/12841-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Andre Paulo Tschiptschin
Beneficiário:Claudia Patricia Ossa Orozco
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biomateriais   Hidroxiapatita   Corrosão

Resumo

Este projeto pretende avaliar a resistência mecânica, a resistência à corrosão em meio sinuvial, e a biocompatibilidade de revestimentos de hidroxiapatita depositados sobre aços inoxidáveis austeníticos com alto teor de nitrogênio, livres de níquel, usando o método de aspersão térmica por plasma. Espera-se que as amostras obtidas combinem a excelente bioatividade da hidroxiapatita com as excelentes propriedades mecânicas e a biocompatibilidade dos aços inoxidáveis austeníticos de alto teor de nitrogênio, livres de níquel. Com o intuito de determinar as melhores condições de deposição do revestimento e de tratamento térmico para a fabricação das peças, será estudado o efeito dos parâmetros de deposição do recobrimento e do tratamento térmico do substrato na morfologia do revestimento e na adesão ao substrato. O aço a ser usado como substrato será obtido pela técnica de fusão em fomo de indução sob atmosfera controlada. A adição do nitrogênio ao banho metálico será feita por adição de ferro-ligas ricas em nitrogênio. A deposição de revestimentos será realizada pela técnica de aspersão térmica a plasma usando hidroxiapatita em pó comercial. (AU)