Busca avançada
Ano de início
Entree

Comportamento de herbicidas clorados em sistemas aquaticos na presenca de substancias humicas utilizando eletroforese capilar.

Processo: 00/02368-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2000
Vigência (Término): 31 de agosto de 2003
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Maria Olímpia de Oliveira Rezende
Beneficiário:Solange Leite de Moraes
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroforese capilar   Agrotóxicos   Substâncias húmicas

Resumo

A eletroforese capilar (CE) atualmente é uma das técnicas utilizadas na separação e caracterização de substâncias húmicas. Porém, a desvantagem da determinação de pesticidas por CE é seu baixo limite de detecção (aproximadamente 0,1-0,5 Dg/mL), o que restringe a aplicabilidade da técnica aos problemas ambientais. Contudo, muitas técnicas de pré-concentração ou sistemas de detecção estão sendo desenvolvidos com a finalidade de aumentar o limite de detecção em CE, possibilitando assim a identificação e quantificação de produtos de interesse ambiental em baixa quantidade, como por exemplo, resíduos de pesticidas. Este trabalho visa o desenvolvimento de uma metodologia em CE para a caracterização das SH, observando-se a interação dessas substâncias com pesticidas, com o intuito de diminuir o número de etapas envolvidas em um procedimento analítico em sistemas ambientais, sem a necessidade de extração dos pesticidas, permitindo um controle mais rápido e eficiente. Assim, SH de várias regiões poderiam ser rapidamente caracterizadas em um menor tempo de análise podendo, deste modo, prever o comportamento de pesticidas no ambiente aquático na presença e na ausência das SH. Sabe-se que a presença das SH no ambiente aquático produz um aumento na solubilidade de compostos hidrofóbicos. Além disso, serão realizados testes para verificar se as SH podem funcionar como fase micelar em cromatografia eletrocinética micelar (MECK). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOLANGE L. DE MORAES; MARIA OLÍMPIA O. REZENDE. Capillary electrophoresis (CE): a powerful tool to characterize humic acid (HA). Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 19, n. 1, p. 24-28, 2008.
DE MORAES‚ S.L.; REZENDE‚ M.O.O. Behavior of Humic Acid as a Micellar Phase in Micellar Electrokinetic Chromatography (MEKC). Microchimica Acta, v. 151, n. 1, p. 115-122, 2005.
SOLANGE LEITE DE MORAES; MARIA OLÍMPIA OLIVEIRA REZENDE. Determinação da concentração micelar crítica de ácidos húmicos por medidas de condutividade e espectroscopia. Química Nova, v. 27, n. 5, p. 701-705, Out. 2004.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MORAES, Solange Leite de. Comportamento de herbicidas clorados em sistemas aquáticos na presença de substâncias húmicas utilizando eletroforese capilar. 2003. 162 f. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Química de São Carlos São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.