Busca avançada
Ano de início
Entree

Malaria: competencia do anopheles oswaldoi. variacoes regionais e relacao com dna ribossomico.

Processo: 98/02703-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 1998
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2000
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Osvaldo Marinotti
Beneficiário:Mauro Toledo Marrelli
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):DNA ribossômico   Malária

Resumo

Recentes dados mostram que outros anofelinos, além do An.darlingi, têm importância na transmissão da malária na Amazônia. O An.oswaldoi foi apontado como vetor no Peru e Acre. Dados de Rondônia mostraram que esta espécie apresenta baixa taxa de infecção. Estes dados, e as dificuldades de identificar anofelinos do Grupo Oswaldoi, sugerem que o An.oswaldoi faz parte de um Complexo de espécies crípticas. A distinção desses membros é de grande importância, pois diferentes membros em um complexo podem exibir diferenças na ecologia, capacidade vetorial e resposta a medidas de controle. Um método de distinção dessas espécies é a análise do DNA ribossômico. OITS2 do DNAr tem sido utilizado para taxonomia e filogenia. O Objetivo deste trabalho é comparar An.oswaldoi de diferentes regiões pela análise do ITS2, relacionando com eventuais diferenças morfológicas, e análise da capacidade vetorial, alimentando anofelinos com sangue de pacientes, observando infecção nos intestinos e glândulas. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARRELLI, Mauro Toledo. Anopheles oswaldoi (Diptera, Culicidae): análise do segundo espaçador interno transcrito (ITS2) do DNA ribossômico e da susceptibilidade à infecção com Plasmodium vivax.. 2000. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.