Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização de fluido supercrítico para extração de ligninas de bagaço de cana-de-açúcar

Processo: 00/08564-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2000
Vigência (Término): 31 de maio de 2004
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Antonio Aprigio da Silva Curvelo
Beneficiário:Daniel Pasquini
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Bagaços   Lignina

Resumo

O presente projeto propõe-se estudar a extração de lignina com dióxido de carbono em condições sub- e supercríticas, com e sem o uso de solventes orgânicos, os quais atuariam como modificadores, uma vez que não há nenhum trabalho nestas condições empregando bagaço de cana-de-açúcar. Esse processo de extração, tem sido apontado como um dos mais viáveis para uma série de aplicações devido ao baixo custo e ao fato de que causa pouco, ou nenhum, impacto ambiental. Pretende-se realizar portanto, um estudo detalhado do processo para extração de lignina de bagaço de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum), uma palanta anual já bastante empregada pela indústria em alguns países e oferecer uma alternativa aos atuais processos de deslignificação, que não raramente se utilizam de grandes quantidades de reagentes e solventes de difícil recuperação. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE MENEZES, APARECIDO JUNIOR; PASQUINI, DANIEL; DA SILVA CURVELO, ANTONIO APRIGIO; GANDINI, ALESSANDRO. Self-reinforced composites obtained by the partial oxypropylation of cellulose fibers. 2. Effect of catalyst on the mechanical and dynamic mechanical properties. Cellulose, v. 16, n. 2, p. 239-246, 2009. Citações Web of Science: 21.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.