Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do efeito da acetazolamida em dentes avulsionados e reimplantados. analise microscopica em dentes de ratos.

Processo: 00/05076-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2000
Vigência (Término): 30 de junho de 2002
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Roberto Brandao Garcia
Beneficiário:Graziela Garrido Mori Panucci
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil

Resumo

Um dos procedimentos indicados para dentes avulsionados e que serão reimplantados após trinta minutos fora do alvéolo é o tratamento da superfície radicular com hipoclorito de sódio a 1% e medicação intracanal, com hidróxido de cálcio. Mesmo com a eliminação do ligamento periodontal ressecado ou danificado e limpeza do canal radicular, ainda há casos de insucessos. Frente a isso, este trabalho tem como objetivo tratar a superfície radicular dos dentes avulsionados com uma solução saturada de acetazolamida, substância inibidora da anidrase carbônica encontrada nas células clásticas; além de utilizar uma pasta intracanal com essa substância ativa. Estes tratamentos tem o intuito de impedir os fenômenos da reabsorção radicular. Para isso, serão utilizados quarenta e oito dentes incisivos centrais superiores de ratos, divididos em quatro grupos. Nos grupos I e II, nenhum tratamento de superfície será instituído, sendo seus canais radiculares preenchidos respectivamente com hidróxido de cálcio e acetazolamida; no grupo III, a superfície será tratada com hipoclorito de sódio a 1%, e no grupo IV, com hipoclorito de sódio a 1% seguido do tratamento com acetazolamida; ambos terão seus canais preenchidos com hidróxido de cálcio. Passados 15, 50, 90 e 120 dias do reimplante, os animais serão sacrificados e as peças obtidas, processadas em laboratório para análise microscópica. (AU)