Busca avançada
Ano de início
Entree

Contribuição ao estudo imunohistoquímico de tumores mamários em cadelas

Processo: 96/07908-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 1997
Vigência (Término): 31 de janeiro de 1999
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Áureo Evangelista Santana
Beneficiário:Debora Aparecida Pires de Campos Zuccari
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Histopatologia   Dente canino   Imuno-histoquímica   Citologia

Resumo

As neoplasias mamárias são muito freqüentes em cães e se apresentam muito complexas tanto do ponto de vista histológico quanto do seu comportamento biológico, o que impõe serias dificuldades à classificação e nomenclatura. Para melhor classificar estes tumores, a tendência, verificada através da bibliografia, é de se correlacionar a evolução tumoral com seus caracteres histológicos e definir variáveis morfológicas que simplifiquem tal classificação. A presente proposta de estudo tem como escopo principal a utilização de procedimentos imunohistoquímicos para identificação de células epiteliais e mioepiteliais, em tumores mamários em cadelas, objetivando contribuir para o estabelecimento de uma classificação mais simples e segura, das referidas neoplasias, tomando como base o arranjo histológico da glândula mamaria, bem como p grau de envolvimento dos componentes celulares epiteliais e mioepiteliais. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ZUCCARI, Debora Aparecida Pires de Campos. Contribuição ao estudo imunoistoquímico de tumores mamários em cadelas. 2014. 121 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.