Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos observacionais e de modelagem da estrutura e variabilidade do jato de baixos níveis ao Leste dos Andes na América do Sul

Processo: 02/12670-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Jose Antonio Marengo Orsini
Beneficiário:Wagner Rodrigues Soares
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/13816-1 - Componente brasileiro do experimento de campo do jato de baixos níveis a leste dos Andes: interações em meso e grande entre as bacias Amazônica e do Prata, AP.TEM
Assunto(s):Meteorologia de meso-escala   Climatologia   América do Sul   Andes   Circulação atmosférica   Umidade atmosférica   Mudança climática

Resumo

Uma revisão da climatologia, hidrologia e das características do tempo na região tropical da América do Sul ao leste dos Andes aponta para um importante aspecto da circulação regional: a presença de uma circulação de baixos níveis em mesoescala, que escoa paralela aos Andes e que promove transporte de umidade atmosférica entre a região tropical e subtropical do continente. Esta circulação, chamada de Jato de Baixos Níveis da América do Sul (SALLJ) regula o transporte de vapor de água entre a Amazônia e a Bacia do Prata. O projeto de Tese proposto pretende estudar a estrutura espacial do SALLJ e sua variabilidade temporal, desde a escala diurna até a escala interanual, determinar o papel dos oceanos tropicais (TSM), da superfície continental (cobertura vegetal e umidade do solo) e do fenômeno El Nino, na estrutura, variabilidade e freqüência do SALLJ e analisar a sensibilidade das características e variabilidade do SALLJ a diferentes resoluções de modelos utilizados no CPTEC/INPE (global CPTEC/COLA e regional Eta). Para desenvolver o estudo serão utilizados os Critérios de Bonner (1968), saídas de experimentos utilizando modelagem global e regional, dados de reanálises do NCEP e dados observacionais em superfície e altitude, obtidos do experimento de campo SALLJEX. Dessa forma, espera-se ter um melhor conhecimento dos efeitos de forçantes locais e remotas e assim quantificar de forma mais realística o transporte meridional de umidade através do SALLJ. (AU)