Busca avançada
Ano de início
Entree

Degradação de compostos organoclorados (principalmente pentaclorofenol e hexaclorobenzeno) por fungos filamentosos nativos. em solo contaminado com resíduos industriais

Processo: 98/01878-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 1998
Vigência (Término): 30 de novembro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Vera Lucia Ramos Bononi
Beneficiário:Vera Maria Valle Vitali
Instituição-sede: Centro de Ensino e Pesquisa do Litoral Paulista (CEPEL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Biorremediação   Degradação   Fungos filamentosos

Resumo

A utilização da biorremediação para recuperação de solos contaminados com compostos xenobióticos é uma alternativa de redução ou solução desse problema, sem causar grande impacto ambiental. Após a seleção dos fungos filamentosos com potencialidade em degradar esses corantes, obtidos através do teste com corante polimérico, os selecionados serão submetidos ao teste de mineralização com produto radiomarcado, para avaliar a capacidade de degradação de cada um deles. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VITALI, Vera Maria Valle. Biodegradação de Hexaclorobenzeno por Eupenicillium Spp. e Psilocybe castanella em solos contaminados com organoclorados. 2004. 119 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro). Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.