Busca avançada
Ano de início
Entree

Os efeitos do laser de baixa potencia na inflamacao pelo metodo da capacitancia eletrica.

Processo: 00/11094-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2000
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2002
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica
Pesquisador responsável:Antonio Guillermo Jose Balbin Villaverde
Beneficiário:Eloa Ferreira Yamada
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Terapia a laser de baixa intensidade   Laser de baixa intensidade   Inflamação aguda   Impedância elétrica   Capacitância elétrica

Resumo

A inflamação é caracterizada por vasodilatação, que acarreta um aumento de fluxo sanguíneo e aumento da permeabilidade vascular, ocasionando acúmulo de líquidos extra-vascular rico em proteínas, denominado edema. Vários são os métodos de avaliação deste edema, entre eles destaca-se a capacitância elétrica, que afere indiretamente a hidratação da pele. O acúmulo de líquidos no tecido intersticial provoca alterações no armazenamento de eletricidade entre eletrodos, que podem ser aferidas pelo Capacímetro. Dessa forma, o objetivo desse trabalho é estudar as alterações de acúmulo de líquidos no interstício no processo inflamatório induzido por carragenina (composto químico), quando submetido à irradiação laser de baixa potência, pela aferição de capacitância elétrica. As aferições de capacitância elétrica serão realizadas em ratos Wistar, submetidos à injeção subcutânea dorsal de soro fisiológico a 0,9%, ou carragenina a 1% em água destilada, e irradiados por laser de baixa potência. A capacitância elétrica será aferida de 15 em 15 minutos, num período de 4 horas, e também na 6ª, 12ª e 24ª horas. Em estudo preliminar foi possível averiguar a viabilidade da capacitância elétrica em ratos submetidos à injeção de soro fisiológico e carragenina. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
YAMADA, Eloa Ferreira. Estudo da evolução de edemas agudos na pele pelo método da capacitância elétrica. 2002. 78 f. Dissertação de Mestrado - Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento São José dos Campos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.