Busca avançada
Ano de início
Entree

Cinética ultraestrutural da reversão de sexo em Synbranchus marmoratus (Teleostei, Synbranchiformes, Synbranchidae)

Processo: 00/00734-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2000
Vigência (Término): 31 de março de 2002
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Recursos Pesqueiros de Águas Interiores
Pesquisador responsável:Irani Quagio Grassiotto
Beneficiário:Fernanda Natália Antoneli
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos do desenvolvimento sexual   Reversão sexual   Morte celular   Synbranchus marmoratus   Peixes

Resumo

Nos teleósteos, o gonocorismo ou dimorfismo sexual é dominante, porém, hermafroditismo simultâneo, com maior ou menor grau de sincronia e reversão de sexo com maturação seqüencial, sucessiva ou não, dos tecidos germinativos masculinos e femininos, e vice-versa, são encontrados em várias espécies. A mudança de sexo no adulto envolve degeneração do tecido gonadal do primeiro sexo e crescimento e maturação do tecido do sexo oposto, passando por uma fase de intersexo. Durante a remodelação gonadal, os processos de morte e remoção de restos celulares são intensos e podem envolver vários mecanismos, tornando os intereexos excelentes modelos de estudo sobre morte celular. Synbranchus marmoratus, como a maioria dos Synbranchidae, é hermafrodita protogínico. Portanto, numa contribuição aos conhecimentos das gônadas transicionais dos teleósteos hermafroditas seqüenciais, pretende-se estudar, nesta espécie, a cinética da reestruturação tecidual, sob seus aspectos histológicos e ultra-estruturais com ênfase nos eventos de morte celular. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ANTONELI, Fernanda Natália. Cinética da inversão de sexo em Synbranchus marmoratus (Teleostei, Synbranchiformes, Synbranchidae). 2002. 178 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia Campinas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.