Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção, sinterização e caracterização elétrica e microestrutural de ce02 dopado com Y203

Processo: 98/16033-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 1999
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2001
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Dulcina Maria Pinatti Ferreira de Souza
Beneficiário:Charles Luís da Silva
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Condutividade elétrica

Resumo

Considerando a baixa sinterabilidade dos pós de céria dopados, mesmo quando obtidos por processo químico, é proposto para dissertação de mestrado o estudo de aditivos que promovam sinterização via fase líquida. Abaixar a temperatura de sinterização deste material é uma busca em vários laboratórios de pesquisas do mundo visando a obtenção de eletrólitos de céria dopada com terras raras já revestido com uma camada de zircônia-ítria em uma única queima. Este revestimento é fundamental para, além de proteger o eletrólito das baixas pressões parciais de oxigênio durante o uso que promovem a redução do Ce+4 para Ce+3 aumentando a condução eletrônica, barrar a condução eletrônica devido a presença dos pares Ce+3-Ce+4 intrínsecos do material visto que a zircônia-ítria é um condutor iônico puro. E proposto utilizar Fe, Ni, Cu e Mn como aditivos de sinterização baseando em resultados anteriormente obtidos para zircônia-céria. Os pós serão obtidos por processo químico e mistura de óxidos. As principais técnicas de caracterização que serão usadas são: difração de raios X, microscopia eletrônica de varredura e transmissão, medida de condutividade elétrica ac e dc. (AU)