Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da Vitamina E sobre a atividade neuromuscular de ratos submetidos ao exercício extenuante agudo e crônico

Processo: 99/01245-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 1999
Vigência (Término): 31 de março de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia do Esforço
Pesquisador responsável:Marcia Gallacci
Beneficiário:Mario Mateus Sugizaki
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Vitamina E   Exercício físico   Fadiga muscular

Resumo

O exercício físico extenuante leva a um aumento da produção de espécies reativas de oxigênio que desempenham um importante papel como mediadores da fadiga e de lesões do músculo esquelético. O balanço entre a formação e a remoção das espécies reativas de oxigênio é modulado por enzimas antioxidantes e substâncias tais como a vitamina E, vitamina C, e o beta-caroteno. Altas doses de vitamina E vem sendo utilizada por atletas no intuito de diminuir as lesões musculares e melhorar o desempenho em exercícios extenuantes. O objetivo do presente projeto é estudar o efeito da suplementação de vitamina E sobre a atividade neuromuscular de ratos submetidos ao exercício físico extenuante agudo e crônico. A atividade neuromuscular da preparação nervo ciático-músculo extensor longo dos dedos isolada de ratos será avaliada através da resistência ao bloqueio da transmissão neuromusuclar, da força máxima de contração e da resistência à fadiga muscular. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SUGIZAKI, Mario Mateus. Efeitos da vitamina E sobre parâmetros funcionais da junção neuromuscular de ratos submetidos ao exercicio agudo e crônico : estudo in vitro. 61 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.