Busca avançada
Ano de início
Entree

Influencia de modos de fotopolimerizacao no modulo de elasticidade e na contracao de polimerizacao de resinas compostas e do fator cavitario na adaptacao marginal de restauracoes utilizando esses...

Processo: 01/07071-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2002
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Capel Cardoso
Beneficiário:Laiza Tatiana Poskus
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Módulo de elasticidade   Microinfiltração marginal   Resinas compostas

Resumo

O objetivo dessa pesquisa é avaliar a influência de três modos de fotopolimerização no módulo de elasticidade e na contração de polimerização de resinas compostas, além de verificar a influência do fator de configuração cavitária na adaptação marginal dessas resinas compostas às paredes do preparo cevitário. O módulo de elasticidade será determinado no Dynamic Mechanical Thermal Analyser, em corpos-de-prova (2X4X50mm) fotopolimerizados por três diferentes modos de fotopolimerização (MFP): 1) será utilizada intensidade de luz inicial de 200mW/cm2 por 10 segundos e final de 600mW/cm2 (técnica softstart) por 30 segundos; 2) será utilizada luz com intensidade de 650mW/cm2; 3)será utilizada luz com intensidade de 1000mW/cm2. A contração de polimerização será realizada utilizando a técnica descrita por Watts & Cash (1991) empregando os três MFPs. Cavidades proximais serão confeccionadas em pré-molares, sendo obtidos quatro fatores de configuração cavitária ao se realizar impermeabilização com esmalte cosmético: somente a parede oclusal será impermebilizada; as paredes cervical, vestibular e lingual serão impermeabilizadas; todas as paredes serão impermeabilizadas, com exceção da oclusal; nenhuma parede será impermeabilizada. O adesivo utilizado será o Excite. Será realizado ciclagem térmica, impermeabilização dos dentes, imersão em azul de metileno e secção longitudinal. A microinfiltração será analisada por três observadores em microscópio ótico (400 vezes). (AU)