Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de tres especies de adubos verdes cultivados no inverno sobre as propriedades fisicas do solo, no desenvolvimento e na producao do milho sob cultivo convencional e plantio direto.

Processo: 97/03512-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 1997
Vigência (Término): 31 de maio de 1999
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Jose Ricardo Machado
Beneficiário:Jose Ricardo Pupo Goncalves
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Adubo verde   Preparo do solo   Compactação   Milho   Plantio direto

Resumo

O presente trabalho tem como finalidade estudar as alterações físicas em um solo Terra Roxa Estruturada e os efeitos dos sistemas de preparo convencional e plantio direto, no desenvolvimento e na produção da cultura do milho cultivado em sucessão a três diferentes espécies de adubos verdes cultivadas no inverno. O experimento será realizado no município de Botucatu, estado de São Paulo, no delineamento experimental de parcelas subdivididas com quatro repetições. As parcelas serão constituídas por dois tratamentos: preparo convencional do solo (PC) e sem preparo do solo, com plantio direto (PD). As sub-parcelas serão estabelecidas por um tratamento que permanecerá em pousio (P) e pelo cultivo de três espécies de adubos verdes durante o inverno: milheto (M); nabo forrageiro (N) e tremoço branco (T). As espécies semeadas no inverno serão trituradas por ocasião de seu florescimento e mantidas sobre o solo nas parcelas que receberão o plantio direto do milho ou incorporadas por uma gradagem nas parcelas de plantio convencional. Serão determinados os seguintes parâmetros físicos do solo: densidade global, densidade dos sólidos, porosidade total, estabilidade dos agregados, diâmetro médio geométrico e resistência à penetração. Nas espécies cultivadas no inverno serão anotadas as datas de semeadura, emergência, florescimento e massa de matéria seca deixada por sub-parcela após a trituração. No milho serão apontadas as datas dos seguintes eventos: semeadura, emergência, aparecimento das folhas, florescimentos masculino è feminino início de maturação, maturação fisiológica e colheita. Além dos componentes de produção: número de plantas por parcela, número de espigas por planta, número de grãos por espiga e peso de 1000 grãos, serão determinados a altura da primeira espiga, altura da planta, diâmetro do colmo, comprimento de raízes, índice de área foliar e peso da matéria seca da planta. Após a colheita do milho e posterior secagem proceder-se-á o cálculo de produtividade por unidade de área em kg/ha, através da pesagem dos grãos colhidos na área útil de cada sub-parcela. (AU)