Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da degradacao biologica da fracao organica de residuos solidos urbanos de origem domiciliar em aterros sanitarios.

Processo: 00/11119-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2000
Vigência (Término): 30 de novembro de 2001
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Jurandyr Povinelli
Beneficiário:Arthur Roberto Silva
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Metais pesados   Aterros sanitários   Lixo   Resíduos sólidos

Resumo

A pesquisa tem por objetivo estudara degradação biológica da matéria orgânica presente em resíduos sólidos urbanos de origem domiciliar, a partir de dados obtidos ao longo de dez anos de monitoramento de dois aterros sanitários. Trata-se, portanto, de uma pesquisa baseada no comportamento de sistemas expostos às variáveis construtivas e operacionais inerentes a esta técnica de disposição final de resíduos sólidos. A exemplo do desenvolvimento de outras pesquisas correlatas, a evolução do processo de degradação biológica será estudado adotando-se parâmetros obtidos do monitoramento dos líquidos percolados e da massa de resíduos aterrados. Os aspectos biológicos do processo de degradação serão estudados utilizando-se técnicas de microscopia para a identificação das espécies predominantes em cada fase da degradação. Com isto pretende-se inferir sobre a sucessão microbiológica em aterros sanitários. Complementando a pesquisa, serão conduzidos estudos sobre o comportamento e distribuição de metais pesados (cádmio, níquel, zinco, cobre, cromo e chumbo), nas diversas fases do processo de degradação biológica. Os estudos propostos possibilitarão confrontar os resultados obtidos com os modelos de degradação já propostos. Estes modelos, na sua maioria, foram desenvolvidos utilizando-se sistemas operados em escala de laboratório, nos quais as variáveis intervenientes na biodegradação podem ser cuidadosamente controladas. (AU)