Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao da eficiencia da filtracao lenta no tratamento de efluentes de leitos cultivados (wetland).

Processo: 00/01511-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2000
Vigência (Término): 30 de abril de 2002
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:José Euclides Stipp Paterniani
Beneficiário:Luciana de Resende Londe
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Filtração lenta

Resumo

Atualmente é visível a preocupação mundial com a água, sua escassez e sua qualidade. Na zona rural brasileira, a água gerada por atividades pecuárias ou esgotos domésticos, além da possibilidade de contaminar o solo, não pode ser utilizada para outros fins. Considerando-se que os esgotos domésticos são uma grande fonte de poluição dos mananciais, um meio eficiente e de baixo custo para tratá-los em pequenas proporções tem sido o uso de wettands, ou leitos cultivados. A wetland tem como efeito a redução de resíduos sólidos da água a ser eliminada. Tal água, porém, não é livre de microorganismos, mesmo tendo passado pelo tratamento descrito. O presente projeto propõe como solução para completar o tratamento de efluentes de uma wetland, a filtração lenta, a qual teria como função reduzir a quantidade de coliformes e, conseqüentemente, de outros microorganismos presentes na água. O uso deste método em conjunto com o de leitos cultivados (wetlands) é acessível ao produtor rural e poderá viabilizar o uso da água que seria descartada, para ser reaproveitada para irrigação ou outras atividades agrícolas. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LONDE, Luciana de Resende. Eficiência da filtração lenta no tratamento de efluentes de leitos cultivados. 2002. 80 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Engenharia Agrícola Campinas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.