Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de biomateriais a base de cerâmicos avançados revestidos com deposição de diamante CVD

Processo: 01/07423-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de agosto de 2001
Vigência (Término): 31 de julho de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Vitor Alexandre da Silva
Beneficiário:Vitor Alexandre da Silva
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/03496-0 - Produção de biomateriais a base de cerâmicos avançados revestidos com deposição de diamante CVD, AP.JP
Assunto(s):Materiais cerâmicos   Materiais avançados   Teste de biocompatibilidade   Diamantes CVD   Sinterização

Resumo

Este projeto constitui a seqüência natural dos trabalhos desenvolvidos por seu proponente no Exterior, que contou com suporte financeiro da FAPESP (PQEx - Processo nº 0678-7/2000), realizado no Departamento de Engenharia Cerâmica e do Vidro - Universidade de Aveiro, além da colaboração Bilateral Brasil - Portugal estabelecido no período (CAPES - Processo 910.079/00-5) com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE e o Centro Técnico Aeroespacial - CTA (Divisão de Materiais - AMR). Nestes termos, visa o desenvolvimento de materiais cerâmicos biocompatíveis, revestidos superficialmente com diamante CVD, que atendam aos rigorosos critérios de biocompatibilidade, adaptabilidade e funcionalidade. Serão desenvolvidos materiais cerâmicos avançados, tipicamente compósitos bioativos, tendo como material base uma matriz bioinerte de nitreto de silício (S13N4). Neste caso, os materiais contarão com a adição de fases secundárias e agentes de densificação vidrados bioativos do sistema SiO2-CaO-Na2O. Engloba-se, portanto nesta proposta, todas as etapas de produção e processamento final dos cerâmicos, sua completa caracterização mecânica e tribológica, buscando1se otimização de materiais e técnicas usualmente aplicados para a produção dos biomateriais encontrado comercialmente. Pretende-se também investigar a Reposição de filmes finos de diamante CVD ("Chemical Vapor Depostion") e materiais relacionados sobre essas cerâmicas, avaliando seu potencial emprego em aplicações biomédicas. Em outra vertente, objetiva-se a formação de recursos humanos habilitados nas áreas de Engenharia Cerâmica e Bioengenharia, nucleando grupo de investigação em Centros de Pesquisa e Universidades do Estado de São Paulo; executando o trabalho proposto no laboratório de materiais cerâmicos da UNESP - Guaratinguetá, interligado por cooperações inter-disciplinar e Institucional com demais Centro de Pesquisa da região. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.