Busca avançada
Ano de início
Entree

Diferenciação morfotípica de machos de camarão de água doce Macrobrachium amazonicum (Heller - 1862) (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae)

Processo: 99/10051-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2000
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Wagner Cotroni Valenti
Beneficiário:Patrícia Maria Contente Moraes Valenti
Instituição-sede: Centro de Aquicultura (CAUNESP). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Camarão

Resumo

A carcinicultura de água doce praticada em todo o mundo está embasada na espécie asiática Macrobrachium rosenbergii. A espécie nativa Macrobrachim amazonicum pode ser uma alternativa viável para a diversificação do cultivo de camarões no Brasil e no exterior. A presença de castas de machos com diferenciação morfológica (morfotipos), já foi detectada em M. rosenbergii. Nessa espécie, há três morfotipos que apresentam diferenciação morfológica, fisiológica, quanto ao comportamento reprodutivo e quanto ao crescimento. Assim, tanto para a seleção de reprodutores como para o manejo do crescimento durante a fase de engorda é essencial conhecer se existem essas castas e saber identificá-las. Esse trabalho tem como objetivo verificar a possível existência de morfotipos em machos de M. amazonicum e definir as características para a sua identificação. Animais de todas as classes de tamanho serão medidos para a determinação dos comprimentos total, da carapaça e dos cinco artículos do segundo quelípodo. As relações entre essas dimensões serão determinadas utilizando-se técnicas para estudos de crescimento relativo. Além disso, o padrão de cor e espinação o segundo quelípodo de cada exemplar serão analisados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MORAES-RIODADES‚ P.; VALENTI‚ W.C. Morphotypes in male Amazon River Prawns‚ Macrobrachium amazonicum. Aquaculture, v. 236, n. 1, p. 297-307, 2004.
PATRÍCIA M.C. MORAES-RIODADES; WAGNER C. VALENTI. Crescimento relativo do camarão canela Macrobrachium amazonicum (Heller) (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae) em viveiros. Revista Brasileira de Zoologia, v. 19, n. 4, p. 1181-1214, Dez. 2002.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.